Por Dr. Jacob Szejnfeld*

A colonoscopia virtual é um método de avaliação do cólon, utilizando as imagens axiais obtidas por tomografia computadorizada em cólon limpo e distendido com ar. Os dados obtidos pela tomografia computadorizada são trabalhados em computador com a finalidade de demonstrarem a mucosa colônica. Trata-se de um método seguro, não invasivo e bem tolerado pelo paciente, com grande potencial de ser utilizado no rastreamento do câncer cólon-retal.
O câncer de cólon é uma das principais causas de morte em adultos idosos. Em geral, são decorrentes da longa e progressiva transformação de pólipos adenomatosos em câncer. A detecção e o tratamento desta doença em estágios iniciais leva a cura, pela simples remoção dos pólipos.
A colonoscopia virtual pode também ser obtida a partir de imagens geradas em ressonância magnética, sendo que com esta técnica a distensão intestinal é feita com soro fisiológico e contraste paramagnético. Na colonoscopia virtual, quer por Tomografia Computadorizada (TC) ou por Ressonância Magnética (RM), as imagens originais são submetidas a um programa de computador que produz uma imagem tridimensional do cólon. Isso torna possível a "navegação" ao longo da luz intestinal e permite a avaliação da mucosa intestinal sem que seja preciso introduzir um endoscópio.
A colonoscopia virtual foi inicialmente utilizada a partir de 1994 por Vining e Cols. , sendo a partir de então aprimorada em diversos centros americanos. Destaca-se nesta área a experiência de Rex de Indianápolis e de Ferruci de Boston. O CURA Imagem e Diagnóstico, em São Paulo, realiza este procedimento desde 1997.
Os resultados com a Colonoscopia Virtual (CV) apontam para uma sensibilidade ao redor de 90% para pólipos maiores ou iguais a 1,0 cm, com uma especificidade ao redor de 90% (figura 2).
O resultado de uma comparação da colonoscopia virtual com a endoscópica realizada por Fenlon em 100 pacientes foi animador: a CV permitiu identificar 90% dos pólipos com mais de 6 mm. Neste trabalho houve 19 casos de falsos positivos para pólipos, não ocorrendo no entanto nenhum falso negativo para câncer.

Vantagens da Colonoscopia Virtual em comparação com a Colonoscopia Endoscópica:
l técnica melhor que o enema baritado
l mais segura que a colonoscopia endoscópica
l exame mais rápido
l potencial melhor aceitação pela população como teste de rastreamento de pólipos colônicos
l possibilidade de avaliação das alterações extra-colônicas

Indicações da Colonoscopia virtual:
l Rastreamento de pólipos/câncer colônico
l Avaliação do segmento colônico acima de segmento obstruído
l Avaliação do cólon pós insucesso da colonoscopia endoscópica
l Pesquisa de neoplasias de cólon e causas de dor pélvico-abdominal
l Pesquisa de neoplasias sincrônicas no cólon

Limitações da Colonoscopia Virtual: Dentro dos parâmetros técnicos atuais, a CV está capacitada a detectar pólipos maiores ou iguais a 1,0 cm. Devemos salientar que apesar de os pólipos entre 6-9 mm de diâmetro poderem não ser detectados, eles têm risco menor que 1% de conter câncer.